Parlamento chumba resolução do CDS-PP pela rejeição do Programa de Estabilidade

| Política

A maioria de esquerda chumbou hoje o projeto de resolução do CDS-PP que propunha a rejeição do Programa de Estabilidade 2017-2021 apresentado pelo Governo.

O projeto de resolução apresentado pelos centristas foi chumbado com os votos contra do PS, BE, PCP, PEV, tendo os votos favoráveis do PSD e do CDS-PP e a abstenção do PAN.

O CDS-PP tinha apresentado inicialmente uma resolução para a revisão do Programa de Estabilidade no sentido de retomar as reformas estruturais adotadas pelo anterior executivo, assim como políticas para o crescimento económico, que substituiu por um texto pedindo a sua rejeição.

Com a mesma votação foi ainda chumbado o projeto de resolução do CDS-PP que recomendava ao Governo que adotasse no Plano Nacional de Reformas "um conjunto de medidas que permitam colocar Portugal numa trajetória sustentada de crescimento económicos e do emprego".

Tópicos:

PAN,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.