Sistema informático do Ministério Público em baixo

| País

|

O Sistema Interno de Comunicações do Ministério Público está em baixo. De acordo com a procuradora-geral da República a paragem no sistema informático não está a afetar a investigação criminal e outros atos processuais dos magistrados. Não é certo se o colapso é resultado de uma avaria ou de um ataque informático.

Não está a afetar a investigação criminal e outros atos processuais dos magistrados e "não é caso para alarme", disse a procuradora-geral da República.

Joana Marques Vidal adiantou que se trata de um sistema "de comunicação interna que obviamente nos afeta porque também abrange o portal, comunicação para o exterior, mas que, segundo as notícias que tivemos até agora, não conseguiram atingir qualquer tipo de informação e ter acessos às bases de dados".

Fonte do Ministério Público disse à Lusa que o sistema interno de Comunicações do MP está desativado desde hoje, impedindo o envio e troca de mensagens e ofícios entre departamentos.

A mesma fonte referiu que a quebra do sistema interno do Ministério Público é geral, abrangendo todo o país, mas que não existe ainda a certeza se o colapso resultou de uma avaria ou de um ataque informático.

C/ Lusa

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.