Cinco bombeiros sofreram queimaduras ligeiras em Abrantes

| País

Cinco bombeiros sofreram queimaduras ligeiras quando combatiam um incêndio que atingiu duas aldeias do concelho de Abrantes, distrito de Santarém, e que obrigou a retirar cerca de 50 pessoas das suas casas, disse hoje a presidente da Câmara.

De acordo com Maria do Céu Albuquerque, os cinco bombeiros, da corporação da Trafaria, foram assistidos no Centro Hospitalar do Médio Tejo, na unidade de Abrantes, mas um deles teve de ser transferido para Lisboa, para ser observado num serviço de oftalmologia.

A autarca revelou ainda que este incêndio não é o mesmo que se encontra em resolução em Abrantes, mas sim um novo fogo que resulta de uma projeção de um incêndio em Tomar e que atravessou a albufeira de Castelo de Bode, atingindo as aldeias de Cabeça Gorda e Bairros, no concelho de Abrantes.

"Foi muito rápido a atingir essas duas localidades. Tivemos de retirar mais de 50 pessoas [das suas casas]. Não registamos feridos civis, nem habitações destruídas", afirmou à Lusa Maria do Céu Albuquerque, sublinhando que se viveram "momentos de muita aflição".

Tópicos:

Cabeça Gorda,

A informação mais vista

+ Em Foco

Falta apenas uma semana para as eleicões gerais em Angola. Apesar da crise que afeta o país, os preços imobiliários em Luanda fazem da capital angolana a cidade mais cara do mundo.

Os responsáveis pelo parque prometeram valorizá-lo e vão renovar a frota automóvel e envolver operadores privados nas visitas aos núcleos de gravuras rupestres.

O maior banco francês fez soar os alarmes na Europa ao suspender três fundos de investimento relacionados com créditos nos Estados Unidos.

Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.