Protestos no Quénia fizeram pelor menos três mortos

| Mundo
Protestos no Quénia fizeram pelor menos três mortos

A ver: Protestos no Quénia fizeram pelor menos três mortos

No Quénia, a reeleição do presidente Uhuru Kenyata está a ser contestada. Registaram-se confrontos que provocaram pelo menos três vítimas mortais, entre as quais está uma criança.

Os protestos estão a subir de tom. Em causa, está a contagem dos votos. A oposição garante que houve manipulação de resultados.

A polícia dispersou com tiros e gás lacrimogéneo milhares de pessoas que se concentraram em vários pontos do país.

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.