Pequim pede contenção a Estados Unidos e Coreia do Norte

| Mundo
Pequim pede contenção a Estados Unidos e Coreia do Norte

A ver: Pequim pede contenção a Estados Unidos e Coreia do Norte

A China quer que os Estados Unidos e a Coreia do Norte parem com a constante troca de ameaças.

A mensagem foi transmitida pelo Presidente chinês numa conversa telefónica com Donald Trump.

Horas antes, Trump tinha avisado Pyongyang que se iria arrepender se atacasse os Estados Unidos ou aliados.

A Coreia do Norte garante que mais de três milhões e meio de pessoas já se alistaram para combaterem os Estados Unidos.

A informação mais vista

+ Em Foco

Falta apenas uma semana para as eleicões gerais em Angola. Apesar da crise que afeta o país, os preços imobiliários em Luanda fazem da capital angolana a cidade mais cara do mundo.

Os responsáveis pelo parque prometeram valorizá-lo e vão renovar a frota automóvel e envolver operadores privados nas visitas aos núcleos de gravuras rupestres.

O maior banco francês fez soar os alarmes na Europa ao suspender três fundos de investimento relacionados com créditos nos Estados Unidos.

Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.