Pequim pede contenção a Estados Unidos e Coreia do Norte

| Mundo
Pequim pede contenção a Estados Unidos e Coreia do Norte

A ver: Pequim pede contenção a Estados Unidos e Coreia do Norte

A China quer que os Estados Unidos e a Coreia do Norte parem com a constante troca de ameaças.

A mensagem foi transmitida pelo Presidente chinês numa conversa telefónica com Donald Trump.

Horas antes, Trump tinha avisado Pyongyang que se iria arrepender se atacasse os Estados Unidos ou aliados.

A Coreia do Norte garante que mais de três milhões e meio de pessoas já se alistaram para combaterem os Estados Unidos.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.