Rui Vitória vai dar minutos a jogadores menos utilizados e quer acabar "em beleza"

| Benfica

Vitória vai rodar a equipa
|

O treinador do Benfica, Rui Vitória, afirmou esta sexta-feira que, frente ao Boavista, vai dar minutos a jogadores menos utilizados e assumiu o desejo de terminar a atual edição da I Liga de futebol "em beleza".

"Vão entrar alguns jogadores que não têm vindo a jogar. Temos o objetivo de vencer o jogo, de fazer todo o grupo campeão nacional e ter o plantel na máxima força para a final da Taça de Portugal", disse Rui Vitória em declarações à BTV.

O técnico `encarnado` lembrou que o título de tetracampeão "pertence a muita gente" e não apenas aos 11 habituais titulares.

"Queremos acabar a I Liga em beleza contra uma boa equipa que fez um bom campeonato. Queremos ganhar e fazer uma boa exibição", referiu.

Questionado sobre se os festejos do tetracampeonato tiveram algum impacto na preparação para o jogo no Estádio do Bessa, Rui Vitória destacou o profissionalismo do plantel do Benfica.

"Foram momentos agradáveis, mas esta equipa sabe estar em todos os momentos. Quando é para brincar, é para brincar, quando é para trabalhar, é para trabalhar e quando é para competir, é para competir", frisou.

O Boavista-Benfica, da 34.ª e última jornada da I Liga, está agendado para sábado, às 20:30, no estádio do Bessa, e terá arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

 

Tópicos:

Boavista Benfica, Estádio,

Pesquise por: Boavista Benfica, Estádio,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.