FC Porto procura em Tondela não descolar dos primeiros

| 1.ª Liga

A equipa do FC Porto corre para garantir um lugar entre os primeiros do campeonato
|

O FC Porto procura este domingo o segundo triunfo em outros tantos jogos na I Liga portuguesa de futebol, de forma a igualar o Sporting e o Rio Ave no comando provisório do campeonato, à segunda jornada.

Depois de golear o Estoril-Praia por 4-0, no Dragão, a equipa de Sérgio Conceição viaja até Tondela em busca de novo êxito, perante adversário que vem de um empate 1-1 em casa do Feirense.

Depois de perder na estreia, por 3-1, na Luz, frente ao Benfica, o Sporting de Braga recebe o Portimonense, que regressou ao convívio dos grandes com um triunfo por 2-1 sobre o Boavista.

Paços de Ferreira, derrotado por 1-0 no terreno do Marítimo, e Desportivo das Aves, que perdeu ante o seu público frente ao Sporting (0-2), procuram os primeiros pontos na prova.

O campeão Benfica joga apenas segunda-feira, visitando o Desportivo de Chaves, no encerramento da ronda, depois de o Estoril-Praia receber o Vitória de Guimarães.

Programa e resultados da segunda jornada da Liga:

- Sexta-feira, 11 ago:

Sporting - Vitória de Setúbal, 1-0.

- Sábado, 12 ago:

Moreirense - Feirense, 0-0.

Belenenses - Marítimo, 1-0.

Boavista - Rio Ave, 1-2.

- Domingo, 13 ago:

Paços de Ferreira - Desportivo das Aves, 16h00

Sporting de Braga - Portimonense, 18h00

Tondela - FC Porto, 20h15

- Segunda-feira, 14 ago:

Estoril-Praia - Vitória de Guimarães, 19h00

Desportivo de Chaves - Benfica, 21h00

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.