Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Punk - 40 Anos de Canções

Punk - 40 Anos de Canções

Suicide - «Ghost Rider» | 19 Jun, 2017

Para quem se anunciou, com estrondo, a gritar ?no future? aos quatro ventos, a longevidade não deixa de impressionar. Quatro décadas passadas do momento em que esse grito, o do punk, se amplificou e começou correr mundo sem olhar a fronteiras e línguas; quatro décadas passadas desde esse 1977 que marca o ano 1, aquele em que os Sex Pistols editaram ?Nevermind the Bollocks?, ainda se sentem os ecos dessa revolução que devolveu as ruas ao centro da cultura popular, que obrigou a repensar a forma de criar música e que contaminou todas as outras artes - porque se o punk era atitude, prova de insatisfação e manifesto anti-conformista, todos tinham algo a retirar dele.

Ao longo do ano vamos revisitá-lo em canção. Revisitar não só o punk que eclodiu em Inglaterra há quatro décadas, mas também descobrir, lá atrás no tempo, aqueles que o prenunciaram quando punk não era ainda género musical e, um pouco depois desse tempo, aqueles que dele frutificaram. Revisitar desviando também o olhar para outras áreas do globo. Para sítios como Portugal? Que pergunta. Claro que sim. ?Há que violentar o sistema?, não é?