Ted e Mike dominam o box office norte-americano
"Ted" é o novo número um na América do Norte.

Box Office fim-de-semanaBox Office  

Ted e Mike dominam o box office norte-americano

Box office do fim de semana nos EUA (29 de Junho a 1 de Julho 2012)

O criador de Family Guy conseguiu um sucesso instântaneo nas salas de cinema da América do Norte com a sua comédia original envolvendo um adulto que vive com um ursinho de peluche debochado. "Ted" apontou à audiência adulta - após uma série de lançamentos para o público infanto-juvenil - e conseguiu o melhor resultado de sempre para a estreia de uma comédia com classificação etária "R" - de Restricted, ou para maiores de 18 anos.

 Em termos comparativos, fez melhor do que "A Ressaca" (45 milhões de dólares, em 2009) e bateu por larga margem os outros dois filmes do género chegados às salas este verão - "O Ditador", com Sacha Baron Cohen abriu com uns magros 17 milhões; "Pai Infernal", com Adam Sandler, esteve ainda pior com apenas 13 milhões.

Com um custo de produção anunciado de 50 milhões de dólares, o filme de Seth MacFarlane está bem encaminhado para proporcionar excelente retorno à Universal.

Outro bom resultado veio dos lados da Warner Bros. com "Magic Mike", o filme de strippers masculinos com Channing Tatum, a terminar os primeiros três dias nas salas nos 39 milhões. É o quarto filme protagonizado por Tatum que estreia este ano na América do Norte e o terceiro acima dos 35 milhões de dólares no fim de semana de lançamento. Outro filme para uma audiência adulta a provar que é possível e aconselhável diversificar apostas.

Mas é ao olharmos para os custos que o filme de Steven Soderbergh se torna mais atraente do ponto de vista do estúdio. A produção de sete milhões - a que se juntará pelo menos três vezes mais gasto em marketing e cópias - faz dele um sucesso instântaneo em termos financeiros e reforça a ideia, cada vez mais espalhada na indústria, de que é vital reduzir a quantidade de blockbusters de 250 milhões e produzir por números que configurem um menor risco.

A terminar o trio de estreias com bons resultados deste fim de semana está um produto reservado para consumo interno. "Tyler Perry's Madea's Witness Protection" é mais um filme do realizador, argumentista, produtor e ator Tyler Perry. Cheio de esterotipos, os filmes de Perry são, eles mesmos, destinados a uma audiência estereotipada. Nos Estados Unidos, a imprensa, meio a sério, define o público-alvo destas comédias como "senhoras afro-americanas de idade". A verdade é que funciona. Estes 26 milhões não são o melhor que Perry já conseguiu, mas ficam ali no meio de uma série de resultados que os tornam lucrativos.

BOX OFFICE
  Título Distribuidor Receita do fim-de-semana ($) Variação (%) # de Cópias Média por cópia ($) Receita Acumulada ($) Semana
1 - Ted  Uni.  $54.100.000  3.239 $16.703  $54.100.000  1
2 - Magic Mike  WB  $39.155.000  2.930 $13.363  $39.155.000  1
3 1 Brave  BV  $34.011.000  -48,7% 4.164 $8.168  $131.685.000  2
4 - Tyler Perry's Madea's Witness Protection  LGF  $26.350.000  2.161 $12.193  $26.350.000  1
5 2 Madagascar 3: Europe's Most Wanted  P/DW  $11.815.000  -40,1% 3.715 $3.180  $180.012.000  4

por
publicado 11:53 - 02 julho '12

Recomendamos: Veja mais Artigos de Box Office fim-de-semanaBox Office